Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/1135
Authors: Rios, Fabiano Aparecido
Orientador: Rubem Silvério de Oliveira Júnior
Title: Efeitos do lactofen no crescimento e produtividade da soja rr em diferentes condições edafoclimáticas
Other Titles: Effects of lactofen on growth and productivity of RR soybean in different edaphoclimatic conditions
Banca: Alessandro Lucca Braccini - UEM
Banca: Cleber Daniel de Goes Maciel - UNIOESTE
Banca: Rogério Marchiosi - UEM
metadata.dc.contributor.referee4: Fernando Storniolo Adegas - EMBRAPA
Keywords: Acamamento;Soja;Ecofisiologia;Estresse químico;Estresse hídrico;Lignina;Seletividade;Soja;Crescimento;Brasil.;Lodging;Ecophysiology;Chemical stress;Water stress;Lignin;Selectivity;Brazil.
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: A evolução genética das cultivares em conjunto com práticas de manejo proporcionam altas produtividades quando empregadas de forma correta. No entanto, não são raras as situações que levam a cultura da soja ao crescimento excessivo ou reduzido. Nesse contesto, o conhecimento sobre os fatores envolvidos na seletividade de herbidas, como clima, variedade e solo, são em muitos casos determinantes para o sucesso da atividade. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi estudar o efeito do lactofen aplicado em diferentes condições edafoclimáticas e estádios de desenvolvimento da soja RR sobre o crescimento e produtividade da cultura. Foram realizados três experimentos em condições edafoclimáticas distintas. O primeiro (Experimento 1) foi instalado no Município de Ivaiporã - PR, no ano agrícola de 2012/2013, com a variedade de soja BMX Potência RR®. Os tratamentos foram compostos por uma testemunha sem aplicação, uma testemunha sem meristema apical, três doses de lactofen (60, 120 e 180 g ha-1), três doses de cloreto de mepiquat (50, 100 e 200 g ha-1) e Lactofen + chorimuron ethyl (100 + 10,33 g ha-1), todos aplicadas no estádio de desenvolvimento R1/R2. Os Experimentos 2 e 3 foram realizados no ano agrícola de 2013/2014 nos Municípios de Ivaiporã e Maringá - PR, respectivamente. A cultivar utilizada foi a BRS 360 RR®, ambos foram instalados no esquema fatorial (4 x 3) + 1, sendo: quatro doses de lactofen (60, 120, 180 e 240 g ha-1); três estádios de desenvolvimento da soja no momento de aplicação do herbicida (V3/V4, V7/V8 e R1/R2); e uma testemunha adicional sem herbicida. De maneira geral todos os tratamentos contendo lactofen causaram fitointoxicação e redução do crescimento da soja, principalmente nas doses mais elevadas. Em condições edafoclimáticas propícias ao crescimento das plantas (Experimento 1) houve acamamento e queda de produtividade. Nesta situação, a aplicação lactofen reduziu o crescimento e o acamamento da soja, aumentou o teor de lignina do caule e, na dose de 180 g ha-1, proporcionou produtividade superior à testemunha. Quando aplicado no início do desenvolvimento da soja, cultivar BRS 360 RR®, lactofen (60 a 240 g ha-1) causou redução de crescimento transitório das plantas sem, contudo, afetar a produtividade. Quando a aplicação foi realizada em V7/V8 e antecedendo um período de estresse hídrico (Experimento 2), as doses de 180 e 240 g ha-1 de lactofen, proporcionaram fitointoxicação mais persistente e causaram queda de rendimento da cultura. Em condições não restritivas (Experimento 3), somente a dose de 240 g ha-1 de lactofen, aplicada no início do desenvolvimento da cultura, causou redução de produtividade. Sendo assim, em condições de crescimento excessivo da soja, o lactofen aplicado no início do período reprodutivo, na dose de 180 g ha-1, previne a queda de produtividade ocasionada pelo acamamento e pode ser utilizado como regulador de crescimento. Além disso, doses altas de lactofen em conjunto com situações de estresse hídrico aumentam a persistência da fitointoxicação e causam queda de produtividade da cultura da soja.
Abstract: The genetic evolution of cultivars together with management practices provide high yields when used correctly. However, they are not rare situations that lead to the soybean to excessive or reduced growth. In this contest, knowledge of the factors involved in selectivity herbidas, such as climate, soil and variety, are in many cases decisive for the success of the activity. Thus, the objective of this work was to study the effect of lactofen applied in different environmental conditions and soybean growth stages RR on growth and crop yield. Three experiments were conducted in different soil and climatic conditions. The first (Experiment 1) was installed in the city of Ivaiporã - PR in 2012/2013, with the variety of soy BMX Potência RR®. The treatments consisted of a control without application, a control without apical meristem, three doses of lactofen (60, 120 and 180 g ha-1), three doses of mepiquat chloride (50, 100 and 200 g ha-1) and lactofen + chorimuron ethyl (100 + 10.33 g ha-1), all applied at growth stage R1/R2. Experiments 2 and 3 were performed in the year 2013/2014 in the municipalities of Ivaiporã and Maringá - PR, respectively. The cultivar was BRS 360 RR®, both were installed in factorial (4 x 3) + 1, as follows: four doses of lactofen (60, 120, 180 and 240 g ha-1); three soybean growth stages at the time of herbicide application (V3/V4, V7/V8 and R1/R2); and an additional control without herbicide. In general all treatments caused phytotoxicity containing lactofen and reduced soybean growth, especially in higher doses. In soil and climate conditions for the growth of plants (Experiment 1) was lodging and yield reduction. In this situation, the application lactofen reduced growth and soybean lodging, increased stem lignin, and at a dose of 180 g ha-1 gave higher productivity than the control. When applied early in the development of soybean, BRS 360 RR®, lactofen (60 to 240 g ha-1) caused a transient reduction in plant growth without, however, affecting productivity. When the application was conducted in V7/V8 and predating water stress period (Experiment 2), doses of 180 and 240 g ha-1 lactofen, provided phytointoxication more persistent and caused revenue loss of culture. In non-stringent conditions (Experiment 3), only the dose of 240 g ha-1 lactofen applied early in the development of culture, caused reduced productivity. Thus, an excessive soybean growth conditions, lactofen applied at the beginning of the reproductive stage, at a dose of 180 g ha-1 prevents the drop in productivity caused by lodging and may be used as a growth regulator. In addition, high doses of lactofen together with water stress situations increase the persistence of plant injury and cause of soybean yield loss.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/1135
Appears in Collections:3.1 Tese - Ciências Agrárias (CCA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000227898.pdf2,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.