Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/1628
Authors: Michelan, Andrea Cristiane
Orientador: Cláudio Scapinello
Title: Subprodutos da mandioca na alimentação de coelhos
Banca: Gentil Vanini de Moraes - UEM
Banca: Márcia Aparecida Andreazzi - Unicesumar
Banca: Walter Motta Ferreira - UFMG
metadata.dc.contributor.referee4: Carlos Eduardo Furtado - UEM
Keywords: Coelho;Desempenho;Digestibilidade;Reprodução animal;Silagem;Farinha de mandioca;Feno de mandioca;Rendimento da carcaça;Brasil.;Rabbit;Performance;Digestibility;Animal breeding;Silage;Cassava flour;Cassava hay;Carcass yield;Brazil.
Issue Date: 2009
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: Quatro experimentos foram conduzidos para avaliar dietas para matrizes e reprodutores formuladas com 40,83% de feno do terço superior da rama de mandioca mais 39% de farinha de varredura de mandioca e para animais em crescimento com 41,63% de feno do terço superior da rama de mandioca mais 40% de farinha de varredura de mandioca. No primeiro experimento foram utilizadas 70 matrizes da raça Nova Zelândia Branco, com cinco meses de idade, durante três ciclos reprodutivos, distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com dois tratamentos: a) ração referência e b) ração com 79,83% de subprodutos de mandioca. Foram mensurados o peso vivo e o consumo de ração das fêmeas; custo de ração; número e peso vivo total de láparos nascidos e desmamados/ fêmea durante os três ciclos, mortalidade dos láparos e ganho de peso dos láparos do nascimento à desmama. O peso vivo das matrizes, nas três desmamas, foi semelhante nos dois grupos. No entanto, as matrizes alimentadas com ração à base de subprodutos de mandioca apresentaram menor consumo durante os três ciclos reprodutivos e, conseqüentemente, mais falhas à cobertura. Não houve interação das características avaliadas por ciclo reprodutivo. O uso da ração com altos níveis de subprodutos de mandioca diminuiu o desempenho reprodutivo das matrizes, porém, apresentou menor custo da ração. No segundo experimento foram avaliados o desempenho e características quantitativas de carcaça de 144 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, da desmama ao abate (31-70 dias). Após a desmama os coelhos foram distribuídos em gaiolas, em esquema fatorial 2x3 (duas rações fornecidas às matrizes e láparos até a desmama versus três rações fornecidas aos animais da desmama até o abate) com 12 repetições de dois animais por unidade experimental. O uso de dietas com subprodutos de mandioca reduziu, da desmama ao abate, o ganho de peso diário e o consumo de ração, porém melhorou a conversão alimentar e diminuiu o custo de ração. Dietas com altos níveis de subprodutos de mandioca, apesar de apresentarem um menor desempenho aos animais, refletiram em melhor conversão alimentar e menor custo da ração, o que justifica seu uso na alimentação dos coelhos. No terceiro experimento foram avaliados o desempenho e características quantitativas de carcaça de coelhos alimentados com uma dieta referência e outras quatro dietas à base de subprodutos de mandioca, representando 81,63% do volume, com diferentes massas específicas (1,21; 1,05; 1,0 e 0,93 ton/m3). Foram utilizados 100 animais, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos, 10 repetições e dois animais por unidade experimental. Avaliou-se também o desperdício de ração pelos animais, conforme a massa específica de cada dieta. Independente da massa específica da ração, as dietas com subprodutos de mandioca, proporcionaram resultados inferiores no desempenho, com exceção da conversão alimentar e custo da ração, comparadas à dieta referência. A redução da massa específica da ração reduziu linearmente o desperdício de ração no período dos 32 aos 70 dias de idade. Somente a dieta com menor massa específica (0,93 ton/m3) permitiu desperdício de ração semelhante, dos 32 aos 70 dias, ao observado com a dieta referência. Dietas formuladas com 81,63% de subprodutos de mandioca devem apresentar massa específica de 0,93 ton/m3 após o processo de peletização para evitar o desperdício de ração. No quarto experimento foram avaliadas as características quantitativas e qualitativas do sêmen de coelhos alimentados com duas rações: a) ração referência e b) ração formulada com 79,83% de subprodutos de mandioca. Foram utilizados 20 reprodutores da raça Nova Zelândia Branco, com idade média inicial de sete meses, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com dois tratamentos (duas rações) e dez repetições. As dez colheitas de sêmen por animal foram realizadas durante seis meses. Os parâmetros avaliados foram: volume de sêmen sem gel e volume de gel, cor do sêmen, pH, motilidade espermática progressiva, vigor espermático, concentração espermática, número de espermatozóides no ejaculado, espermatozóides normais, anormais e anormalidades primárias e secundárias. Exceto o volume de sêmen sem gel, o índice de normalidade, as anormalidades primárias e secundárias foram iguais para os animais alimentados com a ração com subprodutos de mandioca e referência. Os demais parâmetros do sêmen foram melhores nos animais alimentados com a ração com subprodutos de mandioca. É possível utilizar ração com subprodutos de mandioca na dieta de reprodutores, desde que se utilize variedade de mandioca com níveis reduzidos de taninos e ácido cianídrico.
Abstract: Four experiments were carried out to evaluate diets for female and reproducer rabbit's formulated with 40.83% cassava upper third foliage hay plus 39% of cassava meal and for animals in growth with 41.63% cassava upper third foliage hay plus 40% of cassava meal. Were used 70 female rabbit?s of the breed White New Zealand, with five moths of age, during three reproductive cycles in a experimental design completely randomized, with two treatments: a) reference diet, and b) diet with 79.83% cassava byproduct. The diets were pelleted and were provided 30 days before of the first breeding. Were measured the body weight and the feed intake of the females; food coast; number and total body weight of litters at birth and weaning/ female during three cycles, litters of mortality and weight gain of litters at birth to weaning. The body weight female rabbit's at the three weaning were similar to the two groups. However, the female rabbit's fed with cassava by-product diet had feed intake lower during the three reproductive cycles and, consequently, more fail at the breeding. There weren't interaction of the characteristics evaluated per reproductive cycle. The use of ration with elevated level of cassava by-product decrease the reproductive performance of the female rabbit's, however, presented a lower food coast. Were evaluated the performance and the carcass quantitative characteristics of 144 White New Zealand breed rabbits, from weaning to slaughter (31-70 days of age). After the weaning the rabbits were allocated in the iron cages, in a factorial arrangement 2x3 (two diets used for mothers and litters before the weaning versus three diets to the animals from weaning to slaughter) with 12 replications of two animals per experimental unit. Rabbits from mothers which were fed in the maternity with cassava diet weighed less at weaning than rabbits from reference diet. The use of cassava by-product diet reduced, from weaning to slaughter, the daily weight gain and feed intake, however, improved the feed: gain ration and decreased the ration coast. Diets with elevated level of cassava by-product, despite presented a lower animal performance, reflected in best feed: gain ratio and lower food coast, which justify your use in the rabbit's food. Were evaluated the performance and carcass quantitative characteristics of rabbits fed with a reference diet and others four diets with cassava by-products, representing 81.63% of the volume, with different specific mass (1.21; 1.05; 1.0 and 0.93 ton/m3). Were used 100 animals, in a completely randomized experimental design with five treatments and 10 replications and two animals per experimental unit. It also evaluated the waste of ration at the animals out as the specific mass of each diet. Independently of the specific mass of the ration, the diets with cassava by-products resulted in the worst performance, except the feed: gain ration and ration coast, compared with the animals fed with reference diet. The decrease of specific mass of diets caused a linear reduction on waste of ration during the experimental period (32-70 days). Also was observed that only the ration with lower specific mass (0.93 ton/m3) allowed waste of ration similar to the reference diet, at the period the 32-70 days. The results showed that diets formulated with 81.63% cassava by-products require the specific mass of 0.93 ton/m3 after the pellet process to avoid waste diet. Were evaluated the quantitative and qualitative rabbits semen characteristics fed with two diets: a) reference diet, and b) diet formulated with 79.83% of cassava by-products. Were used 20 White New Zealand reproducers, with initial average of seven month, allocated and distributed an individual cages in a completely randomized design, with two treatments (two diets) and ten replications. The ten semen collections per animal were taken during six month. The evaluated parameters were: semen volume without gel and gel volume, semen color, pH, spermatic progressive motility, spermatic vigor, spermatic concentration, number spermatozoa in the ejaculation, normal spermatozoa, abnormal and primary and secondary abnormalities spermatozoa. Observed that, except the semen volume without gel, the normal spermatozoa, primary and secondary abnormalities spermatozoa were similar to the animals fed with cassava by-product diet and reference. Others parameters of the semen were betters in the animals fed with the cassava by-product diet. The results showed that is possible to use cassava by-product diet in the diet rabbits reproducer, since using cassava variety with reduced tannins levels and cyanide acid.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/1628
Appears in Collections:3.1 Tese - Ciências Agrárias (CCA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000185420.pdf424,93 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.