Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/1993
Authors: Silva, Caroline Felicio Braga da
Orientador: Silvana Marques de Araújo
Title: Avaliação in vivo do efeito de medicamento homeopático feito a partir de toxoplasma gondii em camundongos infectados pelo protozoário
Other Titles: In vivo evaluation of the effect of homeopathic medicine of Toxoplasma gondii on protozoan infected mice
Banca: Denise Lessa Aleixo - UNICESUMAR
Banca: Fabiana Nabarro Ferraz - UEM
Banca: Ana Lúcia Falavigna Guilherme - UEM
metadata.dc.contributor.referee4: Débora de Mello Gonçales Sant'Ana - UEM
Keywords: Toxoplasma gondii;Protozoários;Homeopatia;Efeito do medicamento;Sistema nervo entérico;Citocinas;Brasil.;Toxoplasma gondii;Homeopathy;Enteric nervous system;Cytokines;Brasil.
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: A avaliação de um medicamento ultra diluído que estimule reação funcional efetiva para o sistema biológico na relação parasito/hospedeiro na toxoplasmose, além de constituir esperança para minimizar danos de uma infecção congênita (animais/humanos), contribuirá para o entendimento do mecanismo de ação de medicamentos homeopáticos. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito de diferentes dinamizações do fitoterápico de T. gondii em camundongos pré-tratados e infectados com este protozoário. Métodos: Em ensaio cego, controlado, randomizado, camundongos Swiss machos, com 60 dias de idade, foram divididos em grupos: GCN grupo controle não infectado e não tratado; GCinf grupo controle infectado e pré-tratado com álcool de cereais 7%; BIOT-TG200 - pré-tratados com bioterápico de T. gondii 200dH, BIOT-TG300 - pré-tratados com bioterápico de T. gondii 300dH, BIOT-TG400 - pré-tratados com bioterápico de T. gondii 400dH e BIOT-TG500 - pré-tratados com bioterápico de T. gondii 500dH. Os medicamentos foram preparados de acordo com a Farmacopeia Homeopática Brasileira, com macerado de cérebro de camundongos infectados (20 T. gondii cysts/100μL). Pré-tratamento: 3 dias consecutivos antes da inoculação. Infecção: 20 cistos cepa ME49-T. gondii, por via oral. Avaliação clínica, contagem de cistos no cérebro, contagem e morfometria neuronal mientérica e avaliação de citocinas anti e pró-inflamatórias foram avaliadas aos 30 e 60 dias após infecção. Análise estatística: Teste anova ou teste T, com 5% de significância. Resultados: O BIOT-TG 300 apresentou ascite após a infecção. O 400dH diminuiu o consumo de agua quando comparado ao GCinf. BIOT-TG500 expressou variação negativa do peso dos camundongos e houve mortalidade de 10% no GCinf. Para a dinamização 200dH, observou-se clínica favorável para camundongos tratados com BIOT-TG200 durante todo o estudo. O número de cistos cerebrais estava reduzido no grupo BIOT-TG200 aos 30 e 60 dpi quando comparado ao GCinf. Houve proteção neuronal mientérica no colón de camundongos tratados com BIOT-TG200 e modulação do sistema imunológico de forma diferenciada, para as citocinas pro-inflamatórias houve aumento do IFN-γ aos 30 e 60 dpi e diminuição ao longo do tempo de infecção. A citocina IL-6 estava aumentada aos 30 dpi e reduzida ao longo do tempo de infecção. O TNF- α estava aumentado aos 30 dpi e houve redução desta citocina ao longo do tempo de infecção. Para a IL-17 houve redução na evolução do tempo. Não houve variação significativa para IL-2. Para as citocinas anti-inflamatórias, a citocina IL-10 apresentou redução ao longo do tempo de infecção e não houve variação significativa para IL-4 no modelo experimental utilizado. As diferentes dinamizações apresentaram efeitos diversos podendo variar de efeitos benéficos a prejudiciais. A dinamização 200dH apresenta os melhores resultados, com efeito benéfico do medicamento altamente diluído de Toxoplasma gondii, promovendo sintomatologia clínica favorável, redução da carga parasitaria, proteção neuronal e modulação do sistema imunológico com predomínio de resposta Th1.
Abstract: The evaluation of an ultradiluted medication that stimulates effective functional reaction for the biological system in the parasite/host relationship in toxoplasmosis, in addition to provide expectancy for minimizing damages of a congenital infection (animal/human), will contribute to the understanding of the mechanism of action of homeopathic medications. The aim of this study was to investigate the effect of different dinazations of T. gondii biotherapic in mice pretreated and infected with this parasite. Methods: In a blind, controlled, randomized assay, Swiss male mice, were divided: GCN:uninfected and untreated control group; GCinf: infected control group pretreated with 7%grain alcohol; BIOT-TG200: pretreated with 200dHT.gondii medicine; BIOT-TG300: pretreated with 300dH T.gondii medicine; BIOT-TG400: pretreated with 400dHT.gondii medicine and BIOT-TG500: pretreated with 500dH T.gondii medicine. Medicines were prepared according to the Brazilian Homeopathic Pharmacopoeia. Clinical, parasitological, histopathological, and immunological parameters were evaluated. Results: BIOT-TG300 presented ascites after infection. The 400dH decreased water consumption when compared with GCinf. BIOT-TG500 expressed negative variation in the weight of mice and 10% mortality occurred in GCinf. A favorable clinical outcome was observed for mice treated with BIOT-TG200 the study. The number of brain cysts was reduced in the BIOT-TG200 group on the 30th and 60th dpi, compared with GCinf. There was myenteric neuronal protection in the colon of mice treated with BIOT-TG200 and for proinflammatory cytokines there was an increase of IFN-γ at 30 and 60 dpi and decrease over the course of infection. The cytokine IL- 6 increased at 30 dpi and decreased over the course of infection. TNF-α increased at 30 dpi and reduced over the course of infection. For IL-17 there was a reduction in the over the course of infection. There was no significant variation in IL-2. The anti-inflammatory cytokine IL-10 decreased over the course of infection and IL-4 did not vary significantly, predominantly in Th1 response. Conclusion: The several dynamizations presented different effects, varying from beneficial to damaging effects. Dynamization 200dH showed beneficial effect of the highly diluted biotherapic of T. gondii, promoting more favorable clinical symptomatology, parasite load reduction, neuronal protection and immune system modulation with predominance of Th1 response.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/1993
Appears in Collections:3.3 Tese - Ciências da Saúde (CCS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000227227.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.