Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/3362
Authors: Batista, Marinalva dos Reis
Orientador: Fabíola Castelo de Souza Cordovil
Title: Os caminhos do desenvolvimento e o crescimento da forma urbana de Campo Mourão-PR, da década de 1940 a 1970
Banca: Tânia Maria Fresca - UEL
Banca: André Augusto de Almeida Alves - UEM
Keywords: Desenvolvimento e crescimento urbano, Campo mourão (PR), Legislação urbanística, Comunidades urbanas, Questão da habitação, Campo mourão (PR), Gestão municipal, Campo mourão (PR) 1940-1970, Planejamento urbano - Brasil;Urban development legislation;Producing agents in the city;Milton's Method;Expansion of urban form;Campo Mourão;- Brazil
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: O objetivo dessa dissertação é analisar e discutir os caminhos do desenvolvimento e o crescimento da forma urbana de Campo Mourão-PR, enfocando os agentes e a legislação urbanística participantes desse processo. A pesquisa sobre a cidade de Campo Mourão procura apresentar uma síntese geohistórica que vai da década de 1940 a década de 1970. Para esse entendimento da cidade destacamos o método miltoniano de análise do espaço - que procura entender a organização espacial através das categorias estrutura, função, forma e processo, - tecendo considerações acerca da organização espacial urbana, compreendendo os agentes produtores da cidade e, além disso, discorrendo sobre a municipalidade, como: os principais feitos dos gestores municipais, as legislações urbanísticas que também visam à organização espacial, bem como, demais leis que são norteadoras para estruturar a cidade. A paisagem foi pensada nessa pesquisa como a relação dialética entre as categorias de análise de Milton Santos. Até os anos 1950, o estado atua com maior vigor no parcelamento, até mesmo porque a cidade está sendo criada. Na década de 1960, ocorre uma grande virada, tem-se o investimento maciço da classe média levando adiante a expansão urbana, inclusive nas décadas posteriores. No meio agrícola, principalmente na década de 1960, a função principal do município era de fornecer madeira para o estado. Na década de 1970, vemos a mudança nessa função, o município passa a produzir grãos, da mesma maneira que muitos dos municípios do Estado do Paraná. A dinâmica econômica e a estrutura da cidade à colocou como o polo regional pois, também passou a se destacar no setor terciário e no secundário, conforme dados explicitados. E, inclusive, passou a controlar a produção agrícola na sua região ainda mais com a fundação da Cooperativa Coamo. Podemos considerar que se não tivesse ocorrido essa mudança na função do município a cidade de Campo Mourão não teria a importância que tem hoje dentro da rede de cidades do norte paranaense, especialmente, para sua microrregião geográfica. A estrutura da cidade de Campo Mourão no final da década de 1970, é similar as cidades mais desenvolvidas do norte do Paraná, apresentando atividades econômicas sólidas tanto no campo como na cidade, embora ainda incipiente, fecha-se um ciclo de consolidação do núcleo urbano que servirá de base para o desenvolvimento futuro
Abstract: The objective of this dissertation is to analyze and discuss the ways of the development and growth of the urban form of Campo Mourão-PR; focusing on agents and the urban legislation that participate of this process. The research about Campo Mourão aims to present a geographic-historic synthesis between the decades of 1940 and 1970. For this understanding of the city, we highlighted Milton's Method of analysis of space - that seeks to understand the spatial organization across the categories: structure, function, form and process - with considerations about urban spatial organization, comprehending the producing agents from urban space. Moreover, we look up to discuss the municipality, through the main achievements of municipal management and urban planning laws, that also aim to spatial organization as well as the other laws that are guiding the structuring of the city. In this research, the landscape was thought as the dialectical relationship between the categories of analysis of Milton Santos. Until the 1950s, the state acts with greater force on the installment plan, even as the city is being created. In the 1960s, a big upset occurs; there is the massive investment of the middle class lunched urban sprawl, even in the later decades. In the agricultural environment, especially in the 1960s, the main function of the municipality was to provide wood for the state. In the 1970s, we see the change in this function. The municipality starts producing grains, the same way as many of the municipalities of Paraná. The economic dynamics and structure of the city as the regional hub also started to highlight itself in the tertiary and the secondary sector as explicit data. And it even took control of agricultural production in their region further with the founding of the Cooperative Coamo. We can consider that if this change had not occurred in the function of Campo Mourão being a country town, it would not have the importance it has today in the northern cities of Paraná network, especially for its geographic micro region. The structure of Campo Mourão in the late 1970s is similar to the most developed cities in the north of Paraná; showing strong economic activities in the countryside or in the city. Although still nascent, it closes a cycle of consolidation of the urban core, that will serve as the base for a future development
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/3362
Appears in Collections:2.4 Dissertação - Ciências de Tecnologia (CTC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000223752.pdf4,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.