Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/3978
Authors: Oussaki, Flávia Mendonça da Silva
Orientador: Lilian Denise Mai
Title: Análise dos internamentos em um centro de referência de assistência ao queimado no Norte do Paraná no ano de 2012
Other Titles: Analysis of admissions in a Reference Center Assistance Burned in Northern Parana 2012
Banca: Alexandrina Aparecida Maciel Cardelli - UEL
Banca: Rozilda das Neves Alves - UEM
Keywords: Saúde;Profissionais;Interdisciplinaridade;Queimaduras;Políticas públicas de saúde;Hospitalização;Tratamento avançado;Equipe interdisciplinar de saúde;Paraná (Estado);Brasil.;Burns;Public health policies;Hospitalization;Advanced treatment;Interdisciplinary health care team;Paraná (State);Brazil.
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: A queimadura gera graves seqüelas funcionais, psíquicas e estéticas. A atenção especializada de alta complexidade ao indivíduo queimado foi incentivada pela Portaria GM/MS nº 1273, de 21 de novembro de 2000, bem como a criação de Centros de Tratamentos de Queimados (CTQ). O objetivo desse estudo foi analisar os internamentos ocorridos no CTQ do norte do Paraná, em 2012, identificando o perfil dos sujeitos vítimas de queimaduras, a caracterização das queimaduras, demandas assistenciais e a inserção locorregional do serviço. Pesquisa quantitativa, transversal e descritiva, utilizou como fontes 310 prontuários clínicos, investigados de janeiro a março de 2013, após aprovação em Comitê de Ética e Pesquisa. Os dados foram analisados mediante estatística descritiva, com as variáveis organizadas em planilha eletrônica Excel versão 2010 e ilustradas em figuras e tabelas. Os resultados evidenciaram que o serviço absorveu demandas de 82% (18) das 22 Regionais de Saúde do Estado, com uma demora de entrada no serviço igual ou maior há três dias após o acidente em 43% (112) dos casos. Houve predomínio em 65% (202) do sexo masculino e 55% (170) de adultos, prevalecendo os acidentes domésticos com o álcool e o escaldo com líquido superaquecido como principais causas. Quanto à morbidade e mortalidade, 47% (146) dos pacientes tiveram queimaduras de 2º grau e 53% (164) de 3º grau; ocorreram 34 óbitos, sendo 53% (18) em homens e 47% (16) em mulheres. A média de internação foi de 13 dias e de ocupação de leitos no serviço de 78,3%.O tratamento foi desenvolvido por uma equipe multiprofissional, com ações incluindo terapia medicamentosa, curativos, cirurgias e uso de dispositivos invasivos. Desde a admissão inicia-se o processo de reabilitação que segue com acompanhamento ambulatorial por anos, sendo que 14% (45) dos pacientes realizaram cirurgias reparadoras em retorno ambulatorial. Discutiu-se que lesões por queimaduras representam um grave problema de saúde e um desafio para as políticas públicas e o sistema de saúde. O tratamento especializado representa um alto custo, mas vários avanços e a disponibilidade de tecnologias de cuidado e qualificação dos atendimentos têm aumentado a sobrevida e qualidade de vida dos pacientes, favorecendo o prognóstico e a redução de danos. Destacam-se algumas fragilidades como retardo na construção de todos os CTQs previstos em 2000: lentidão na disponibilidade de tecnologias especifica de cuidado; melhor qualificação dos serviços de saúde no atendimento inicial e em nível ambulatorial às vítimas nos locais de origem; maior rapidez e segurança nos sistemas de logística como transporte e suporte terapêutico. Quanto ao serviço analisado, trata-se de um local de excelência no atendimento ao queimado, com alguns aspectos a aprimorar. Conclui-se que uma prioridade no tratamento do paciente queimado refere-se à rapidez, qualidade e continuidade do atendimento, o que justifica a implantação dos CTQs e a organização de serviços em uma rede macrorregional de atenção em saúde. Estudos epidemiológicos, identificando grupos, locais e fatores de risco, podem ainda subsidiar campanhas preventivas, reduzindo o número de queimaduras ou de internações, alterando o seu perfil ligado à gravidade das lesões.
Abstract: The burn produces severe functional, aesthetic and psychological sequelae. The specialized care to highly complex individual burned was encouraged by GM / MS No. 1273, of November 21, 2000, as well the creation of Burn Treatments Centers (CTQ). The aim of this study was to analyze the CTQ admissions occurred in the north of Paraná in 2012, identifying the personal characteristics of burn victims, the characterization of burns, care demands and loco regional insertion service. Quantitative, cross-sectional descriptive study involving 310 clinical records as sources, investigated from January to March 2013, after approval by the Ethics and Research Committee. Data were analyzed using descriptive statistics, with variables organized in a spreadsheet Excel version 2010 and illustrated in image and tables. The results showed that the service demands of absorbed 82% (18) of the 22 health districts in the state with a delay of entry into service equal to or greater than three days after the accident in 43% (112) of cases. Predominated in 65% (202) were male and 55% (170) of adults, with the prevailing domestic alcohol and scald with superheated liquid as major cause of accidents. As for morbidity and mortality, 47% (146) of the patients had 2nd degree burns and 53% (164) of 3rd degree; there were 34 deaths, 53% (18) in men and 47% (16) in women. The mean hospital stay was 13 days and bed occupancy of 78.3% in service. Treatment was developed by a multidisciplinary team, including actions as drug therapy, dressings, surgery and use of invasive devices. Since admission begins the rehabilitation process that follows with outpatient care for years, and 14% (45) of the patients perform reconstructive surgeries in outpatient. It has been argued that burn injuries represent a serious health problem and a challenge for public policy and the health care system. The specialized treatment is a high cost, but several advances and the availability of care technologies and qualification of care have improved the survival and quality of life of patients, favoring the prognosis and harm reduction. Emphasize some weaknesses as a delay in the construction of all CTQs planned in 2000; delays in the availability of specific technologies of care; better qualification of health services in the initial care and outpatient victims in places of origin; greater speed and safety in logistics such as transportation systems and therapeutic support. Regarding the analyzed service, it is a place of excellence in service to the burnt, with some aspects to improve. It is concluded that a priority in the treatment of burned patients refers to the speed, quality and continuity of care, which justifies the deployment of CTQs and organizing services on a macro-regional network of health care. Epidemiological studies, identifying groups and local risk factors may still subsidize preventive campaigns, reducing the number of burn admissions or by changing your profile linked to the severity of injuries.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/3978
Appears in Collections:2.6 Dissertação - Ciências Humanas, Letras e Artes (CCH)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000216574.pdf983,61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.