Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/4519
Authors: Souza, Maíra Luana Santos
Orientador: Carlos Alberto de Oliveira Magalhães Júnior
Title: A abordagem do tema "origem da vida" em livros didáticos de ciências do Brasil e de Portugal
Banca: Graça Simões de Carvalho - UMINHO
Banca: Marcelo Pimentel da Silveira - UEM
Keywords: Educação científica, Ensino de ciências, Manual escolar;Brasil.;Scientific education;Science teaching;School handbook;Brazil.
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: Considerando a diversidade de explicações de natureza científica, filosófica e religiosa envolvida na abordagem do tema Origem da Vida, controverso e desafiador tema de pesquisa e objeto de ensino, assim, como o número reduzido de investigações acadêmicas brasileiras a respeito da abordagem desse tema no Ensino de Ciências para o Ensino Fundamental, o objetivo da presente pesquisa foi analisar como o tema Origem da Vida é abordado nas coleções mais adotadas de Livros Didáticos do Brasil e de Portugal do componente curricular de Ciências para o 6º, 7º, 8º e 9º ano de ensino. Nesta pesquisa qualitativa, empregou-se para a sistematização, codificação e categorização dos dados a Análise de Conteúdo de Bardin (1977). Também se fez uso dos aportes teóricos da Teoria da Transposição Didática de Yves Chevallard (1989) e dos referencias históricos, filosóficos e teóricos de áreas específicas da Ciência utilizadas no levantamento bibliográfico sobre o tema. Os resultados encontrados mostram que a abordagem do tema não se restringe apenas ao ano de ensino sugerido pelos documentos oficiais da educação de ambos os países e também não preconiza apenas as explicações científicas mais aceitas na atualidade pela comunidade científica. No entanto, a variedade e o modo como as explicações são abordadas nos livros do Brasil e de Portugal divergem, sugerindo diferentes relações dos dois países com as fontes de referência científicas nas quais residem os conhecimentos do currículo. Observou-se também para ambos países a descontextualização, a redução dos experimentos e suas hipóteses abordadas com os seus contextos de produção, além de isolamentos do tema com conceitos intimamente relacionados, preocupando sobre o impacto dos mesmos no ensino-aprendizagem do tema, se considerarmos que os Livros Didáticos de Ciências são, além de fonte de planejamento de aulas, apoio às atividades de ensino-aprendizagem e até, fonte de estudos para professores e alunos. A presente pesquisa contribui com reflexões sobre o Ensino de Ciências e indica a necessidade de mais investigações sobre o ensino do tema Origem da Vida.
Abstract: Considering the diversity of scientific, philosophical and religious explanations involved in the approach to the theme Origin of Life, a controversial and challenging subject of research and object of teaching, as well as the reduced number of Brazilian academic investigations regarding the approach of this theme in Teaching The aim of the present research was to analyze how the theme Origin of Life is approached in the most adopted collections of Didactic Books of Brazil and Portugal of the curricular component of Sciences for the 6th, 7th, 8th and 9th year of teaching. In this qualitative research, the Content Analysis of Bardin (1977) was used for the systematization, codification and categorization of the data. Also made use of the theoretical contributions of Yves Chevallard's Theory of Transposition Didactics (1989) and the historical, philosophical and theoretical references of specific areas of Science used in the bibliographic survey on the subject. The results show that the approach of the subject is not restricted only to the year of teaching suggested by the official documents of the education of both countries and also does not recommend only the scientific explanations more accepted at the present time by the scientific community. However, the variety and manner in which the explanations are approached in the books of Brazil and Portugal differ, suggesting different relations of the two countries with the scientific reference sources in which the knowledge of the curriculum resides. It was also observed for both countries the decontextualization and reduction of the experiments and hypotheses approached with their production contexts, besides the isolation of the theme with closely related concepts, worrying about their impact in the teaching-learning of the subject, considering that the Science Didactic Books are, besides a source of lesson planning, support for teaching-learning activities and, even, a source of studies for teachers and students. The present research contributed with reflections on the Teaching of Sciences and indicates the need for more investigations on the teaching of the theme Origin of Life.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/4519
Appears in Collections:2.5 Dissertação - Ciências Exatas (CCE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000226598.pdf4,98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.