Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/4697
Authors: Ribeiro, Priscila Martins
Orientador: Ricardo Souza Vasconcellos [Orientador] - UEM
Prof. Dr. Ricardo Souza Vasconcellos
Title: Oxidação lípidica no processo de extrusão em pet food
Banca: Oscar de Oliveira Santos Junior - UEM
Banca: Bruna Ponciano Neto - UEM
Keywords: Nutrição animal;Pet food;Gordura de frango - Nutrição animal;Oxidação - Nutrição animal;Antioxidante - Nutrição animal
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Citation: RIBEIRO, Priscila Martins. Oxidação lípidica no processo de extrusão em pet food. 2018. 71 f. Dissertação (mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.
Resumo: A extrusão é uma tecnologia amplamente utilizada no processamento de alimentos para humanos e animais. Ainda hoje, pouco se conhece sobre as modificações que ocorrem nos lipídeos durante o processamento de alimentos. Tendo isto em vista, neste projeto de pesquisa, foram estudadas as modificações oxidativas ocorridas em alimentos extrusados para gatos contendo gordura de aves como fonte de lipídeos submetidos a diferentes EME (energia mecânica específica) e os impactos destas modificações sobre o shelf-life e as propriedades organolépticas, para isso foram realizados dois experimentos. No experimento um, foi avaliado o efeito da EME sobre a qualidade da gordura em rações extrusadas para gatos e no experimento dois, foram avaliadas diferentes fontes de antioxidantes sobre o shelf-life da gordura de frango e sobre um alimento extrusados para gatos. Houve diferença significativa também entre as EMEs, com os maiores valores obtida para baixa EME e os menores para a alta EME (P<0,001). Foi observada diferença significativa entre os três métodos utilizados para a extração lipídica (P> 0,001) e as três EME usadas no processo. Verificou-se relação entre a força de ruptura e a aplicação de EME no processo para análise do extrusado, foi significativa a diferença na densidade do kibble seco entre as diferentes EMEs empregadas, sendo a maior densidade verificada no tratamento com baixa EME (460 g/L), seguida pelos de média (390 g/L) e alta (200 g/L), respectivamente (P<0,001). Esta mesma sequência de resultados estatísticos foi verificada para a força de ruptura do kibble (P<0,001). Foi possível observar que todos os ácidos graxos sofreram degradação conforme o avanço do processo de extrusão (P>0,001), em especial o ácido linoleico. Dentre os quatro tratamentos o antioxidante TBHQ se mostrou o mais efetivo para estabilizar o óleo de frango e as rações durante o processamento, chegando ao máximo de 1,93 Meq/kg. Ao teste de palatabilidade gatos demonstraram preferência por alimentos com baixo IP (P> 0,0195) mostrando que prevenção da oxidação lipídica no processo é importante. Observou-se que a perda oxidativa do ácido linoleico foi mais de 50% independente da EME aplicada. Os antioxidantes parecem ser fundamentais na proteção dos ácidos graxos em alimentos extrusados
Abstract: Extrusion is a technology widely used in food processing for humans and animals. Even today, little is known about the changes that occur in lipids during food processing. In this research two experiments were carried out to evaluate the oxidative modifications occurred in extruded foods for cats containing poultry fat as lipids source submitted to different SME (specific mechanical energy) and the impacts of these modifications on the shelf-life and its properties. In the experiment one was evaluated the effect of SME fat quality of fat in extruded rations for cats and in experiment two were evaluated different sources of antioxidants on the shelf-life of chicken fat as well as on a extruded food for cats. There was also a significant difference between SME, with the highest values obtained for low SME and the lowest for high SME (P <0.001). A significant difference was observed between the three methods used for lipid extraction (P> 0.001) and the three SME used in the process. There was a relationship between the rupture force and the SME application in the process for the extrudate analysis. The difference in the dry kibble density between the different SME was significant, being the highest density verified in the treatment with low SME (460 g.L-1), followed by medium (390 g. L-1) and high (200 g.L-1), respectively (P <0.001). This same sequence of statistical results was verified for the force of kibble rupture (P <0.001). It was possible to observe that all fatty acids were degraded as the extrusion process progressed (P> 0.001), in particular linoleic acid. Among the four treatments, the antioxidant TBHQ proved to be the most effective for stabilizing chicken oil and rations during processing, reaching a maximum of 1.93 Meq.kg-1. In the palatability test cats showed preference for foods with low IP (P> 0.0195) showing that prevention of lipid oxidation in the process is important. It was observed that the oxidative loss of linoleic acid was more than 50% independent of the SME applied. Antioxidants appear to be fundamental in the protection of fatty acids in extruded foods
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/4697
Appears in Collections:2.1 Dissertação - Ciências Agrárias (CCA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRISCILA MARTINS RIBEIRO.pdf1,3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.