Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/4742
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLuiz Carlos Gomespt_BR
dc.contributor.authorSanta Maria, Ândrea Westphalpt_BR
dc.date.accessioned2018-09-17T17:56:48Z-
dc.date.available2018-09-17T17:56:48Z-
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/4742-
dc.description.abstractThe identification of environmental filtering on species traits allows the prediction on community dynamics facing environmental disturbances. This study was performed at a floodplain in order to embrace a large range of spatial and temporal environmental gradients. Piscivorous birds were used as the model assemblage since they respond promptly to environmental changes and hence are considered indicator species that track habitat quality. RLQ analysis and fourth-corner approach were performed aiming to identify (i) environmental variables that might influence piscivorous bird abundances within their foraging habitat and (ii) trait combinations of piscivorous bird species that vary according to biotic and abiotic gradients. Three main avian groups were distinguished due to the influence of environmental filters over traits concerning foraging tactics and morphology: wading birds, pursuit swimmers and aerial piscivores. Wading birds are more abundant in shallower and larger lakes that have higher nutrient and dissolved oxygen concentrations, higher primary production but lower conductivity. Pursuit swimmers are more abundant in deeper and larger lakes that have lower nutrient concentration, lower primary production but higher conductivity and higher abundance of larger fish (15 30 cm). Aerial piscivores are more numerous in summer and in larger, deeper lakes that have higher conductivity but lower dissolved oxygen concentration. Thus, morphological and behavioral bird traits are of relevant importance on tracking spatial and temporal food resources variations. Moreover, environmental filters are the determinants of the structure of piscivorous birds assemblage in this floodplain.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Estadual de Maringápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectComunidades, Ecologia dept_BR
dc.subjectFiltros ambientaispt_BR
dc.subjectTraços das espéciespt_BR
dc.subjectAves piscívoraspt_BR
dc.subjectAves aquáticaspt_BR
dc.subjectCadeia alimentarpt_BR
dc.subjectHabitat de forrageamentopt_BR
dc.subjectMecanismos ecológicospt_BR
dc.subjectNicho, Teoria dept_BR
dc.subjectRLQpt_BR
dc.subjectFourth-cornerpt_BR
dc.subjectPlanície de inundaçãopt_BR
dc.subjectAlto rio Paranápt_BR
dc.subjectBrasil.pt_BR
dc.subjectWaterbirdsen
dc.subjectEnvironmental filteringen
dc.subjectForaging habitaten
dc.subjectRLQen
dc.subjectFourth-corneren
dc.subjectUpper Paraná Riveren
dc.subjectFloodplainen
dc.subjectBrazil.en
dc.titleAbordagem com traços das espécies permite a identificação das relações das aves piscívoras com o ambiente.pt_BR
dc.title.alternativeTrait-based approach allows the identification of relationships of piscivorous birds with the environment.en
dc.typemasterThesispt_BR
dc.contributor.referee1Pitágoras Augusto Piana - Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
dc.contributor.referee2Sidinei Magela Thomaz - Nupélia/UEM
dc.description.resumoA identificação do conjunto de traços filtrados por fatores ambientais possibilita a elaboração de predições quanto à dinâmica das comunidades diante de alterações nas condições ambientais. Este estudo foi realizado em uma planície de inundação a fim de incorporar um amplo gradiente espacial e temporal característico deste sistema. As aves piscívoras foram utilizadas como assembleia modelo, por serem de fácil identificação e responderem prontamente às alterações das condições ambientais, sendo consideradas indicadores da qualidade ambiental. As análises RLQ e fourth-corner foram utilizadas a fim de identificar (i) as variáveis ambientais que afetam a abundância de aves piscívoras no habitat de forrageamento, e (ii) a combinação de traços de espécies de aves piscívoras que varia em função de um gradiente biótico e abiótico. Foi observada a diferenciação de três grupos de aves devido à atuação dos filtros ambientais e bióticos sobre o traço referente à tática de captura de presas e traços morfológicos: aves pernaltas, aves nadadoras e piscívoras aéreas. As aves pernaltas são mais abundantes em lagos mais rasos e de maior área, com maior concentração de nutrientes e oxigênio dissolvido e maior produtividade primária, porém menores valores de condutividade. As nadadoras são mais abundantes em lagos de maior área e profundidade, lagos com menor concentração de nutrientes e produtividade, porém, maiores valores de condutividade e maior abundância de peixes grandes (15 30 cm). As piscívoras aéreas são mais abundantes no verão e em lagos de maior área e profundidade, com maiores valores de condutividade, porém menores concentrações de oxigênio dissolvido na água. Assim, conclui-se que tanto traços morfológicos quanto comportamentais das aves são importantes para a localização de recursos alimentares que variam no espaço e no tempo. Além disso, uma combinação de filtros abióticos é determinante da estrutura da assembleia de aves piscívoras nesta planície.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentaispt_BR
dc.publisher.initialsUEMpt_BR
dc.subject.cnpq1Ciências Biológicaspt_BR
dc.publisher.localMaringápt_BR
dc.description.physical39 fpt_BR
dc.subject.cnpq2Ecologiapt_BR
dc.publisher.centerDepartamento de Biologiapt_BR
Appears in Collections:2.2 Dissertação - Ciências Biológicas (CCB)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000217712.pdf916,37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.