Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5054
Authors: Aggio, Carlos Eduardo Gonçalves
Orientador: Luiz Felipe Machado Velho
Title: Influência de macro-fatores na estruturação da comunidade zooplanctônica em riachos subtropicais.
Other Titles: Influence of macro-factors on the zooplanktonic community structure in Subtropical streams.
Banca: Odete Rocha - Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Banca: Adalgiza Fernanda Cabral - Universidade Federal de Goiás (UFG)
Banca: Luzia Cleide Rodrigues - Nupélia/UEM
metadata.dc.contributor.referee4: Fábio Amodeo Lansac-Tôha - Nupélia/UEM
Keywords: Zooplâncton de água doce;Comunidades, Estruturação de;Riachos subtropicais;Heterogeneidade de ambientes;Fluxo da água;Produtividade primária;Córregos;Cinzas, Rio, Bacia;Paraná (Estado);Brasil.;Water flow;Environmental heterogeneity;Primary productivity;Streams;Cinzas River Basin;Paraná State;Brazil.
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Resumo: A compreensão da estrutura ecológica e o funcionamento de ecossistemas lóticos naturais e/ou alterados é o propósito comum da maioria dos trabalhos realizados por ecologistas sobre rios e riachos. Investigou-se os principais fatores intervenientes na organização da comunidade zooplanctônica em 9 riachos tropicais impactados, de três diferentes sub-bacias da bacia do rio das Cinzas, Paraná, Brasil. Deste modo, para estes ambientes, testou-se a hipótese de que os macro-fatores como produtividade, velocidade de corrente, estrutura de habitat, ordem e trecho do riacho (nascente, meio e foz), são os principais estruturadores da comunidade zooplanctônica em riachos tropicais. A comunidade zooplanctônica esteve representada por 101 táxons, destacando-se os protozoários testáceos, seguidos por rotíferos, cladóceros e copépodes. Os resultados evidenciaram que, entre todos os fatores avaliados, a comunidade zooplanctônica, especialmente a abundância de tecamebas, e também microcrustáceos, responderam em algum grau a variação da ordem dos riachos. No entanto, os resultados de uma RDA indicam que as maiores diferenças nas características físicas e químicas, bem como aquelas relacionadas à estrutura da comunidade zooplanctônica estão relacionadas a diferenças regionais, ou seja, com as diferenças observadas entre as 3 sub-bacias estudadas.
Abstract: The comprehension of the ecological structure and the functioning of natural and/or impacted lotic ecosystems is the purpose of most studies concerning rivers and streams. This study aimed to investigate the main factors influencing the zooplankton community organization in nine impacted tropical streams of three different sub-basins of the Cinzas River basin, Paraná state, Brazil. In this context, we tested the hypothesis that macro-factors such as productivity, current velocity, habitat structure, the stream order and stretches (headwater, middle and mouth), are the main factors structuring the zooplankton community in tropical streams. Zooplankton was represented by 101 taxa, mainly testate amoebae, followed by rotifers, cladocerans and copepods. Results evidenced that, among the evaluated factors, the zooplankton community, specially the abundance of testate amoebae and also microcrustaceans, responded to some degree of variation to the stream order. However, RDA results suggests that the great differentiation in the physical and chemical characteristics of the water, as well as those found in the zooplankton community structure, are related to a broad regional scale such as the differences observed among the three sub-basins studied.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5054
Appears in Collections:3.2 Tese - Ciências Biológicas (CCB)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000221021.pdf1,29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.