Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5721
Authors: Favatto, Naline Cristina
Orientador: Both, Jorge
Title: Início da carreira docente dos professores de educação física
Keywords: Educação física - Docência - Entrada na carreira;Educação física - Atuação profissional - Docência - Entrada na carreira;Ciclos de desenvolvimento profissional - Entrada na carreira - Docente;Socialização profissional - Docência - Educação física;Satisfação no trabalho - Docência - Educação física;Preocupações - Docência - Educação física;Abandono - Carreira docente;Permanecência - Carreira docente
Issue Date: 2017
Citation: FAVATTO, Naline Cristina. Início da carreira docente dos professores de educação física. 2017. 182 f. Dissertação (mestrado em Educação Física)--Universidade Estadual de Maringá, Universidade Estadual de Londrina, 2017, Maringá, PR.
Abstract: Resumo: O início da carreira docente é um período desafiador, pois, nessa fase o professor se questiona sobre a sua eficácia, bem como sua inserção no ambiente de trabalho. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi analisar a percepção sobre a profissão e atuação profissional de professores de Educação Física em início da carreira docente. O estudo é classificado como descritivo exploratório, de abordagem qualitativa. A pesquisa, contou com 16 professores de Educação Física efetivos e atuantes que encontram-se entre o 1º ao 4º ano de docência nas redes municipal e estadual da cidade de Maringá (Paraná). Para coleta de dados foi empregada uma entrevista semiestruturada e as informações foram analisadas conforme a técnica da análise de conteúdo. Os temas norteadores das entrevistas foram os constructos que avaliam a Socialização Profissional (escolha da profissão, socialização profissional, socialização organizacional) a Satisfação no Trabalho (venda da força de trabalho, condições de trabalho, autonomia no trabalho, progressão na carreira, relevância social do trabalho, equilíbrio entre trabalho e lazer, leis e normas do trabalho e integração social no trabalho), e as Preocupações (consigo, tarefa, impacto da tarefa, outras preocupações). Verificou-se, com maior intensidade, que os docentes escolheram a profissão diante da prática de atividades, durante a infância e adolescência. De maneira geral evidenciou-se na Socialização Profissional a falta de acolhimento com os professores iniciantes e a solicitude dos mesmos em manter uma relação cordial no ambiente de trabalho. Na Socialização Organizacional evidenciou-se uma ruptura no grupo de professores com um ano de docência quanto à percepção do cumprimento de regras e exposição de ideias aos gestores, o que denota maior insegurança e cuidado no meio escolar. Contudo, pôde-se constatar que a maioria das escolas não estão preparadas para receber os professores iniciantes. Todos os professores encontram-se satisfeitos com a dimensão Integração Social no Trabalho, porém insatisfeitos com as dimensões Venda da Força de Trabalho, Condições de Trabalho e Progressão na Carreira. Os professores com três e quatro anos de docência apresentam-se mais satisfeitos com as dimensões Autonomia e Relevância Social no Trabalho. Sendo que somente os professores com quatro anos de docência encontram-se satisfeitos com a dimensão equilíbrio entre trabalho e lazer, uma vez que o pluriemprego está presente nos demais grupos investigados. Além disso, apenas os professores com um e dois anos de carreira encontram-se satisfeitos com a dimensão Leis e Normas no Trabalho. Dessa forma observou-se que os professores com três e quatro anos de docência apresentam-se mais satisfeitos quando comparados aos demais grupos. Evidenciou-se que todos os grupos apresentam preocupações com as dimensões consigo, tarefa e impacto. Nessa perspectiva, destacou-se a baixa preocupação dos professores com três e quatro anos de docência com a sobrevivência no trabalho. Sendo possível constatar outras preocupações como: Saúde, Realidade Social do aluno, Políticas Públicas e Status da disciplina. Dessa forma, conclui-se que a socialização a satisfação e as preocupações estão, intimamente, ligadas às características específicas de cada núcleo educacional e instituição escolar que o professor no ciclo de entrada na carreira, está inserido
Abstract: The beginning of the teaching career is a challenging period, because at this stage the teacher questions about its effectiveness as well as its insertion in the work environment. Following this idea, the objective of the study is to have analyzed the perception about the profession and professional performance of Physical Education teachers at the beginning of the teaching career. The study is classified as exploratory descriptive of qualitative approach. The research was made with 16 effective Physical Education teachers who are between the 1st to 4th year of teaching in the municipal and state schools of the city of Maringá (Paraná/Brazil). The data was collected by a semi-structured interview and the information was analyzed according to the technique of content analysis. The guiding themes of the interviews were the Constructs that evaluate Professional Socialization (choice of profession, professional socialization, organizational socialization), the Work Satisfaction (sale of labor force, working conditions, autonomy at work, career progression, social relevance of work, balance between work and leisure, laws and labor standards and Social integration at work), and the Concerns (with it, task and task impact). It was verified, with great attention, that teachers choose the profession according to the practice of activities during childhood and adolescence. In general, the lack of acceptance with the beginning teachers and their solicitude in maintaining a cordial relationship in the work environment was showed in the Professional Socialization. In the Organizational Socialization was showed a rupture in the group of teachers with a year of teaching regarding the perception of the rules compliance and the expositions of ideas to the managers that indicates great insecurity and care in the school environment. However, we can see that most schools are not prepared to receive beginning teachers. All the teachers are satisfied with the Social Integration at Work dimension, but not satisfied with the Sale of Labor Force, Working Conditions and Career Progression. Teachers with three and four years of experience show more satisfaction with the Autonomy and Social Relevance at Work. Since only teachers with four years of teaching are satisfied with the balance dimension between work and leisure, once the pluri-employment is present in the other groups investigated. Furthermore, only teachers with one and two years of career are satisfied with the Laws and Norms at Work dimension. Thus, it was observed that teachers with three and four years of teaching show more satisfaction when compared to the other groups. It has been shown that all the groups presents concerns about the dimensions: with it, task and impact. From this perspective, the low concern of teachers with three and four years of experience with the survival in the work was highlighted. It's possible to verify other concerns such as: Health, Social Reality of the student, Public Policies and Status of the discipline. From this point of view, we can conclude that the Socialization, the Satisfaction and the Concerns are closely linked to the specific characteristics of each educational core and school institution that the teacher in the cycle of entry into the career is inserted
Description: Orientador: Prof. Dr. Jorge Both
Dissertação (mestrado em Educação Física)--Universidade Estadual de Maringá, Universidade Estadual de Londrina, 2017
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5721
Appears in Collections:2.3 Dissertação - Ciências da Saúde (CCS)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Naline Cristina Favatto_2017.pdf2,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.