Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5809
Authors: Fornazari, Valéria Brumato Regina
Orientador: Obara, Ana Tiyomi
Title: A abordagem CTS/A por professores de ciências em formação inicial : limites e desafios da alfabetização científica para a promoção da alfabetização em nutrição
Keywords: Educação nutricional;Nutrição - Estudo e ensino
Issue Date: 2018
Citation: FORNAZARI, Valéria Brumato Regina. A abordagem CTS/A por professores de ciências em formação inicial: limites e desafios da alfabetização científica para a promoção da alfabetização em nutrição. 2018. 195 f. Tese (doutorado em Educação para a Ciência e a Matemática)--Universidade Estadual de Maringá, 2018, Maringá, PR.
Abstract: Resumo: Frente a atual configuração da saúde mundial, na qual as doenças crônicas não transmissíveis tornaram-se casos de saúde pública, é de suma importância que a educação prepare o alunado para o exercício da cidadania, ou seja, gozar de seus direitos e deveres, dentre eles o direito à saúde. Para isso, é necessário que os alunos, por meio de uma educação científica de qualidade, sejam preparados para decidir quais alimentos consumir de forma a determinar seus hábitos alimentares em busca da qualidade de vida, ou seja, a alfabetização em nutrição. Esta educação é pautada em três eixos: (I) a compreensão básica de termos, conceitos, conhecimentos e fenômenos científicos; (II) a compreensão da natureza da Ciência e dos fatores éticos e políticos que circundam sua prática; (III) e o entendimento entre as relações existentes entre Ciência, Tecnologia, Sociedade e Meio Ambiente – CTS/A. Portanto a proposta CTS/A é entendida como o meio pelo qual o professor fomenta a alfabetização científica. Desta forma, esta tese buscou averiguar os limites e desafios da utilização da abordagem CTS/A, por professores de Ciências em formação inicial, como estratégia para a alfabetização científica de alunos do Ensino Fundamental II, tendo como base o tema nutrição humana. Para tanto, foi realizada um estado da arte acerca dos artigos publicados no Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências -ENPEC sobre a temática; a análise dos livros didáticos de Ciências adotados no Colégio de Aplicação Pedagógica - CAP vinculado à uma Universidade Pública do Estado do Paraná, por meio dos indicadores de alfabetização científica; a constituição de um grupo de estudo reflexivo, formado pelos professores e licenciandos do quarto ano do curso de Ciências Biológicas, da mesma universidade, para a organização de oficinas pedagógicas com o tema nutrição humana. Estas oficinas foram analisadas de acordo com a análise de conteúdo, além dos pressupostos da alfabetização científica, em saúde e nutrição e das oficinas pedagógicas. Foi possível identificar que a área de ensino de Ciências, no que se refere ao evento em questão, apresentou poucos artigos que abordavam a temática e nenhum apresentou a proposta da alfabetização científica ou em nutrição. Quanto aos livros didáticos, o conteúdo é apresentado apenas no livro do 8º ano, relacionado à Fisiologia e Saúde Humana, deixando de abordar questões como a merenda escolar, a influência da mídia e as questões CTS/A. Quanto a formação inicial de professores foram propostas sete oficinas das quais cinco abordaram a alfabetização crítica em nutrição, evidenciando que práticas diferenciadas podem fomentar com sucesso a alfabetização em nutrição. Desta forma, foi possível concluir que não existe um olhar, na formação inicial de professores de biologia para o fomento da alfabetização em nutrição no Ensino Fundamental II, além disso os materiais didáticos analisados também não foram capazes de promover a alfabetização em nutrição o que demonstra a importância da atuação docente na organização do ensino, porém a desvinculação entre os conteúdos teóricos de nutrição tratados no curso e a prática pedagógica com os mesmos se constitui como um limite a ser superado um vez que, os licenciandos precisam vivenciar situações reais de ensino que envolvam os conteúdos de nutrição para que a alfabetização em nutrição possa ser possível. Assim, o ideal seria que, tanto as disciplinas pedagógicas como as não pedagógicas promovessem, no curso de licenciatura, a articulação entre a teoria e a prática pedagógica
Abstract: Faced with the current configuration of global health, where non-communicable chronic diseases, such as obesity, have become public health cases, it is of the utmost importance that education prepares the student for the exercise of citizenship, that is, to enjoy their Rights and duties, including the right to health. For this, it is necessary that students, through a quality scientific education, are prepared to decide and choose which foods to consume in order to determine their eating habits in search of the quality of life, that is, literacy in nutrition. This education, which seeks to promote autonomy and being critical of the student is based on three axes: (I) the basic understanding of terms, concepts, knowledge and scientific phenomena; (Ii) an understanding of the nature of science and the ethical and political factors surrounding its practice; (III) and the understanding between the relations between science, technology, society and the environment – CTS/A. Therefore, the CTS/A proposal is understood as the means by which the teacher fosters scientific literacy. In this way, this project sought to ascertain the limits and challenges of the use of the CTS/A approach, by science teachers in initial formation, as a strategy for the scientific literacy of elementary school students, based on the theme of human nutrition. To do so, initially a bibliographic review was done about the articles published in the ENPEC on the subject, the analysis of science textbooks adopted in the College of Pedagogical Application, as well as the constitution of a reflexive study group, formed by teachers of biological sciences And graduates of the fourth year of Biological sciences for the organization of pedagogical workshops with the theme nutrition. Through this research it was possible to identify that the area of science teaching, in what concerns the event in question, presented few articles covering the subject, and none presented the proposal of scientific literacy or nutrition. As for textbooks, the content is presented only in the 8th year book in order to relate the physiology and human health by not addressing issues such as school meals, media influence and CTS/A issues. As for the initial training of teachers, 7 workshops were proposed, 5 of which were able to address critical literacy in nutrition, although initially the teachers did not have a theoretical methodological subsidy, indicating that initial teacher training, by proposing teaching and learning experiences through of differentiated practices, such as pedagogical workshops, is capable of fomenting the formation of teachers for the practice of literacy in nutrition, through the CTS/A approach
Description: Orientador: Prof.ª Dr.ª Ana Tiyomi Obara
Tese (doutorado em Educação para a Ciência e a Matemática)--Universidade Estadual de Maringá, 2018
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5809
Appears in Collections:3.5 Tese - Ciências Exatas (CCE)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Valeria Brumato Regina Fornazari_2018.pdf3,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.