Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5893
Authors: Klein, Zander Henrique de Lima
Orientador: Costa, Antonio Carlos Saraiva da
Title: Alteração nos atributos químicos do solo após aplicação de pó de basalto como remineralizador
Banca: Souza Junior, Ivan Granemann de
Banca: Mannigel, Anny Rosi, 1972-
Keywords: Latossolo vermelho distrófico;Latossolo vermelho distroférrico
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Citation: KLEIN, Zander Henrique de Lima. Alteração nos atributos químicos do solo após aplicação de pó de basalto como remineralizador. 2020. xi, 56 f. Dissertação (mestrado em Agroecologia) - Universidade Estadual de Maringá, 2020., Maringá, PR.
Abstract: RESUMO: O uso do pó de rocha na agricultura seja como corretivo, fertilizante ou condicionador de solo ocorre nos mais diversos sistemas de produção agropecuária, incluindo a agricultura em base ecológica como opção de manejo sustentável de solos, na recuperação de solos em processo de degradação, como áreas de pastagens oriundas das regiões tropicais. Nestas, são encontrados solos altamente intemperizados com baixa regeneração natural, problemas de compactação e baixo teor de matéria orgânica. A aplicação do pó de basalto em diferentes solos pode melhorar os atributos químicos dos solos, em um determinado período de incubação. Para testar esta hipótese, instalou-se um experimento avaliando o efeito da aplicação do pó de basalto em dois solos com diferentes texturas, que foram cultivadas com Urochloaruziziensis. O experimento foi desenvolvido em casa de vegetação na Universidade Estadual de Maringá - UEM, onde foram incubados solos de duas classes texturais com seis doses de pó de basalto (5, 10, 20, 30, 40 e 50 t ha-1), com cinco repetições cada tratamento. Foram utilizados, o Latossolo Vermelho distroférrico-LVdf de textura argilosa e o Latossolo Vermelho distrófico-LVd de textura média. Os solos foram amostrados após o cultivo da gramínea com, 150 dias de incubação e avaliados seus atributos químicos. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente por análise de regressão linear e correlações e mostraram efeitos positivos para os atributos químicos dos dois solos. Os dois solos utilizados neste estudo por possuírem diferentes teores de argila, CTC, teores de matéria orgânica, teores de carbono e poder tampão exibiram diferentes respostas em relação às doses de pó de basalto aplicadas. O LVd apresentou o maior número de correlações lineares com os atributos químicos em função do acréscimo das doses do pó de basalto, apontando efeitos positivos para pHH2O, pHKCl, ?pH, pHPCZ, cátions trocáveis com acréscimo de 0,0070 cmolc dm-3 de Ca e 0,0037 cmolc dm-3 de Mg para cada 1 t ha-1 do pó de basalto. Para este solo a CTC aumentou de 0,0198 cmolc dm-3 para cada 1 t ha-1 do pó de basalto e um incremento de 2,220 mg dm-3 na concentração dos micronutrientes. O LVdf por sua vez, apresentou correlações significativas somente com os teores de sódio, fósforo, cobre, zinco e ferro e com a CTC a pH 7,0.
ABSTRACT: The use of powder rock in agriculture as lime, fertilizer or a soil conditioner occurs in the most diverse agricultural production systems, including agriculture on an ecological basis as an option for sustainable soil management, in the recovery of soils in the process of degradation, as pasture areas from tropical regions. In these, highly weathered soils with low natural regeneration, compaction problems and low organic matter content are found. The application of basalt powder in different soils can improve the chemical attributes of the soils in a given incubation period. To test this hypothesis, an experiment was installed evaluating the effect of applying the basalt powder on two soils with different textures, which were cultivated with Urochloa ruziziensis. The experiment was carried out in a greenhouse at the State University of Maringá - UEM, where soils of two textural classes were incubated with six doses of basalt powder (5, 10, 20, 30, 40 and 50 t ha-1), with five repetitions each treatment. Dystroferric Red Latosol-LVdf with clay texture and Dystrophic Red Latosol-LVd with loam texture were used. The soils were sampled after growing the grass with 150 days of incubation and its chemical attributes were evaluated. The results obtained were statistically analyzed by linear regression analysis and correlations and showed positive effects for the chemical attributes of the two soils. The two soils used in this study for having different clay, CEC, organic matter, carbon contents and buffering capacity exhibited different responses in relation to the applied doses of basalt powder. The LVd showed the highest number of linear correlations with the chemical attributes due to the increase in the doses of the basalt powder, indicating positive effects for pHH2O, pHKCl, ?pH, pHPCZ, exchangeable cations with an increase of 0.0070 cmolc dm-3 of Ca and 0.0037 cmolc dm-3 of Mg for each 1 t ha-1 of the basalt powder. For this soil, CEC increased from 0.0198 cmolc dm-3 for each 1 t ha-1 of the basalt powder and an increase of 2.220 mg dm-3 in the micronutrient concentration. The LVdf turn correlated significantly with the sodium, phosphorus, copper, zinc and iron contents the CEC at pH 7.0.
Description: Orientador: Prof. Dr. Antonio Carlos Saraiva da Costa.
Coorientador: Prof. Dr. Ivan Granemann de Souza Junior.
Dissertação (mestrado em Agroecologia) - Universidade Estadual de Maringá, 2020.
URI: http://repositorio.uem.br:8080/jspui/handle/1/5893
Appears in Collections:2.1 Dissertação - Ciências Agrárias (CCA)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zander Henrique de Lima Klein_2020.pdf12,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.